Cobra Grande - ziguezagueando pelo rio Itamboatá - Criatividade

O ensaio propõe-se recriar imageticamente o mito da Cobra Grande, que vai pelas margens do rio ziguezagueando, até o momento em que se prepara para gestar seu sonho de cura para todos os seres visíveis e invisíveis do seu reino encantado.

Tecnicamente, a história foi contada através de diversos enquadramentos, utilizando-se uma câmera FUJIFILM X-T20, lentes FUJI 18-55 mm. Nesta proposta, todo o ensaio, sintetizado aqui em seis quadros, tem como propósito imergir o leitor no espaço da ancestralidade tupinambá, que ainda hoje se encontra fluindo pelo rio Itamboatá. Dessa forma, revelam a dança matrimonial da Cobra Grande, também conhecida como Caianinha, emprenhando-se com a fertilidade que emana do Reino Mágico dos Encantados da Floresta.

The essay proposes to recreate the myth of the Great Snake, which runs along the banks of the zigzagging river, until it prepares to gestate its dream of healing to all visible and invisible beings in its enchanted kingdom.

Technically, the story was told through various frames using a FUJIFILM X-T20 camera, FUJI 18-55mm lens. In this proposal, the whole essay, summarized here in six paintings, aims to immerse the reader in the space of Tupinambá ancestry, which is still flowing through the Itamboatá River. In this way, they reveal the Great Snake's marriage dance, also known as Caianinha, impregnated with the fertility that emanates from the Magic Kingdom of the Enchanted Forest.

Cobra Grande
Cobra Grande

Cobra Grande
Cobra Grande

Ensaio-7873
Ensaio-7873

Cobra Grande sendo fertilizada pelas águas do rio Itamboatá.

Cobra Grande
Cobra Grande

1/6